Imaginação alheia

Foi numa noite comum que eu me senti entediado. Resolvi andar um pouco pelas ruas de Icaraí sem nenhuma companhia. Fiquei mais entediado ao ver um casal de namorados tomando sorvete, que romântico, exclamei. Andei mais um pouco e escutei um funk saindo do play de um edifício, logo em seguida, imaginei, a festa desse edifício como eram as coisas... Pessoas, ambiente e o que eles faziam. Pouco depois passou uma mulher gostosa bem na minha frente, a vontade que tive era de transar com ela, imaginando como seria.
Nesses minutos que fiquei vagando ruas adentro e revendo o que fiz na minha vida. Onde eu poderia ter apostado mais e onde eu deveria nem ter começado...
A conclusão que cheguei foi que mesmo entediado gostei de ter tomado esse rumo. Pelo menos consegui aprender alguma coisa da vida. Não sou um exemplo de vida, mas sou feliz no que eu consegui. Vocês podem estar perguntando o que eu consegui? Eu coço o saco, cuspo não chão e falo: “nada que o mundo consiga ver e muito menos quantificar as emoções que tive em fazer coisas tão pequenas pra uns e tão grandiosas e fundamentais pra mim”.
Então, voltei pra casa com a vontade é de estudar agora. Que venha a química com seus quatros níveis quânticos ou que venha a geologia geral com a deriva continental ou até quem sabe um pouco da loucura que é calculo I.
Vocês não devem estar entendendo nada do que eu sinto. Mas, para que todos nós saímos hoje daqui entendidos do que passou pela minha vida, eu digo: “não existe 'vocês' na vida real”.

Force Jogos

3 comentários

Turtleboy em 4 de abril de 2008 15:17

“nada que o mundo consiga ver e muito menos quantificar as emoções que tive em fazer coisas tão pequenas pra uns e tão grandiosas e fundamentais pra mim”.

Foda essa frase!!!! Perfeita!

dhainfellner em 10 de abril de 2008 01:54

Coço o saco e cuspo no chão, tinha q ter amassado a latinha na cabeça,quebrado o taco de sinuca, palitado os dentes com o taco de sinuca, montar na moto e ir embora

abraçoo UAIHoiuHOIAUhOIUHA

arthur em 13 de abril de 2008 12:21

genin, muito legal esse post. às vezes fico entediado tbm, me arrependo de coisas que fiz ou que deixei de fazer, mas, de qualquer forma, acho q tbm posso dizer q sou feliz nas pequenas coisas da vida.

abraço, irmão o/